segunda-feira, 4 de outubro de 2010

(Des)Conhecido

Sua foto já não é mais meu papel.
Agora encontra-se um album espalhado nas lembranças do tempo
em que dizia que eras minha...
Coisas estas
que ficam somente no plano dos sonhos
das cores
dos amores...

De todas as certezas que tenho,
a paixão é a que me move.
Por ela me abro
E me jogo.

Hora de me jogar
no (des)conhecido
Vem comigo?

Nenhum comentário: